Pecuária

Cotações dos lácteos subiram 1,2% na comparação mensal com julho

Crescimento foi de 0,4% da primeira para a segunda quinzena do mês

06/08/2020 - 09:16 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Segundo informações da Scot Consultoria, os preços dos produtos lácteos seguiram em alta no mercado atacadista em julho.

Considerando a média de todos os produtos pesquisados pela entidade, o aumento foi de 0,4% da primeira para a segunda quinzena do mês, e na comparação mensal os preços subiram, em média, 1,2%.

O aumento no preço da matéria-prima (leite cru), com a produção limitada no campo em função do período seco do ano (entressafra), e os estoques menores nas indústrias foram os vetores das valorizações dos lácteos no atacado.

Além disso, a reabertura gradual do comércio em determinados municípios e o pagamento dos auxílios emergenciais deram sustentação à demanda por lácteos e esta melhora no escoamento contribuiu para o cenário de preços firmes. Destaque ficou para os queijos.

O preço do leite longa vida (UHT) subiu 0,9% na quinzena e teve uma alta de 2,2% no mês. No mesmo movimento, a cotação do queijo muçarela apresentou alta de 1,6% na variação quinzenal e aumento de 3,5% comparado ao mês passado.

Foi a sexta quinzena consecutiva de alta na cotação do leite UHT.

 

Informações por Scot Consultoria

Compartilhar

Últimas Notícias