Assista agora:
Agricultura

Moagem de cana-de-açúcar totaliza 42,93 milhões de toneladas na segunda quinzena de junho, diz Unica

09/07/2020 - 16:34 | Por Douglas Ferreira - SBA | Siga-nos no Google News

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras da região Centro-Sul alcançou 42,93 milhões de toneladas na 2ª metade de junho, com queda de 7,73% sobre o valor apurado na mesma quinzena da safra 2019/2020 (46,53 milhões de toneladas), ocasionada por fatores climáticos.

No acumulado desde o início do ciclo 2020/2021 até o final de junho, a moagem ainda registra crescimento de 5,20%. Nesse período, a quantidade de cana-de-açúcar processada pelas usinas atingiu 229,40 milhões de toneladas, ante 218,05 milhões de toneladas mesmo período do último ciclo agrícola.

Em relação ao número de usinas em operação, 258 empresas registraram produção até dia 1 de julho, contra 255 unidades industriais em igual data do último ano. Na última quinzena, 7 unidades iniciaram a safra 2021. A expectativa é que mais 5 empresas comecem a operar nos primeiros quinze dias de julho.

Produção de açúcar e de etanol

Na segunda metade do junho, 47,42% da cana-de-açúcar foi destinada à produção de açúcar, em comparação com 37,06% registrados na mesma data de 2019. A maior proporção de matéria-prima direcionada à fabricação de açúcar teve reflexos nos números, a produção do adoçante aumentou 23,34% nos últimos quinze dias de junho deste ano e atingiu 2,73 milhões de toneladas, contra 2,21 milhões de toneladas verificadas em idêntica quinzena do ano anterior.

Nesse contexto, o volume fabricado de etanol alcançou 1,96 bilhão de litros na segunda quinzena de junho, sendo 596,30 milhões de litros de etanol anidro e 1,36 bilhão de litros de etanol hidratado. Desse total, 88,63 milhões de litros foram fabricados a partir do milho.

No acumulado desde o início da safra 2020/2021 até 1 de julho, a produção de açúcar alcançou 13,30 milhões de toneladas, contra 8,94 milhões de toneladas verificadas na mesma data do ciclo 2019/2020.

Vendas de açúcar e de etanol

As vendas de açúcar pelas usinas do Centro-Sul mantiveram o ritmo observado das últimas quinzenas e seguiram aquecidas no mês de junho. A quantidade exportada pelas unidades do Centro-Sul somou 2,59 milhões de toneladas, com alta de 70,13%.

No acumulado desde o início da safra 2020/2021 até 1 de julho, o crescimento atinge 67,22%, com a exportação de 6,44 milhões de toneladas neste ano, ante 3,85 milhões no mesmo período de 2019.

 

Com informações UNICA

Compartilhar

Últimas Notícias