Agricultura

Vazio sanitário da soja evita expansão de focos de ferrugem asiática

No Mato Grosso do Sul, o vazio sanitário da soja  iniciou no dia 15 de junho e segue até 15 de setembro

22/06/2020 - 11:43 | Por Kaile Rodrigues - SBA | Siga-nos no Google News

Dentre os períodos de vazios sanitários  vigentes no país, temos destaque para o da soja, que ocorre entre os meses de junho a setembro, variando de acordo com a legislação de cada estado.  O período sem o cultivo da oleaginosa, ocorre para evitar os problemas relacionados ao fungo da ferrugem asiática. 


No Mato Grosso do Sul, o vazio sanitário da soja  iniciou no dia 15 de junho e segue até 15 de setembro. Neste período, os produtores não podem cultivar  soja nas lavouras. No estado a Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal ( IAGRO) , é o órgão responsável, pelas notificações, que  ocorrem pelas equipes, que fiscalizam  as fazendas. 


Os profissionais utilizam de tecnologias de imagens de satélites que  capturam  em tempo real, tudo o que acontece nas áreas, os equipamentos tiram fotos com uma visão geral das lavouras.

 
O respeito às práticas estabelecidas nos vazios sanitários é de suma importância para garantir  uma produção cada vez maior, sem elevados custos e com menor impacto ambiental. De acordo com Daniel Ingold, diretor presidente da Iagro, os produtores sabem da importância em respeitar o período e seguem cumprindo a determinação que é imposta por Lei desde o ano de 2006. 
 

Compartilhar

Últimas Notícias