Assista agora:
Pesquisa e Produção

Plataforma de dados espaciais do Matopiba é lançada pela Embrapa

Tecnologia gratuita facilita tomada de decisão para produtores e extensionistas do Matopiba

28/04/2020 - 14:51 | Por Assessoria - SBA | Siga-nos no Google News

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuaria (Embrapa), unidade Territorial (Campinas, SP), desenvolveu uma plataforma que disponibiliza, de forma interativa e integrada, mapas e dados sobre a região Matopiba. A expressão Matopiba resulta de um acrônimo criado com as iniciais dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia e identifica uma região de cerrado com forte expansão agropecuária nas últimas décadas. 

A plataforma conta com dois pontos de entrada: o GeoWeb Matopiba e os painéis interativos. O GeoWeb Matopiba é um sistema de inteligência territorial que hospeda cerca de 200 planos de informação cartográficos - em diferentes níveis territoriais - organizados nos quadros: natural, agrário, agrícola, de infraestrutura e socioeconômico. O produto foi lançado em 2015 e, desde então, está disponível para uso no portal da Embrapa Territorial.

Os painéis interativos, novidades lançadas pela plataforma, visam complementar os dados do GeoWeb e fornecem uma estrutura de navegação guiada contendo, além de mapas, tabelas e gráficos dinâmicos, passíveis de filtragem.

Elaborado por Embrapa

Os painéis estão organizados em quatro temáticas: produção agropecuária, crédito rural, empregos formais relacionados à agropecuária e tecnologias da Embrapa. Essas temáticas foram sumarizadas em um painel agregador, ponto de entrada na plataforma, que provê um panorama geral da agropecuária regional entre os anos de 2013 a 2018, em nível municipal.

A plataforma foi publicada de forma integrada com o portal da Embrapa, o que garante uma interface adaptável para diferentes telas, podendo ser visualizada também em dispositivos móveis. Todos os dados estão disponíveis para download em diferentes formatos.

A ferramenta veio para completar uma lacuna de dados espaciais da região. É o que avalia Lucíola Magalhães, chefe de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Territorial e coordenadora do projeto de estruturação do GeoMatopiba.

Segundo ela, os novos dados, atualizados e disponibilizados de forma integrada e bastante acessível, buscam ampliar o acesso à informação pelos diferentes públicos e facilitar a tomada de decisão, ou ao menos, suscitar novas perguntas. “Para aqueles que querem atuar ou já atuam no Matopiba, essa ferramenta é uma oportunidade de facilitar diálogos e apoiar a extensão rural e a assistência técnica”, complementa a gestora.

A tecnologia é gratuita e pode ser acessada por aqui.
 

Compartilhar

Últimas Notícias