Pecuária

Mercado pecuário com instabilidade no mês de março, diz Cepea

Preços da arroba do boi gordo começaram mês bastante firmes

02/04/2020 - 12:30 | Por Douglas Ferreira - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com análise semanal para o boi, do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), em meio a tantas incertezas atreladas ao operacional da cadeia e ao comportamento da demanda, seja interna ou externa, para curto e médio prazos, o mercado pecuário esteve instável no correr de março, conforme apontam pesquisas do indicador. Os preços da arroba do boi gordo começaram o mês bastante firmes, sustentados pela baixa oferta de animais para abate.

Os preços da arroba se enfraqueceram nesse período. Embora no final do mês de março, o cenário voltou a se alterar. Neste caso, o aquecimento da demanda do varejista no mercado atacadista, no intuito de abastecer os supermercados, resultou em novo movimento de elevação nos preços da arroba, segundo pesquisadores do Cepea, que acabaram recuperando as perdas registradas em meados do mês.

A demanda para exportação segue dando sustentação às compras de animais a preços maiores. Além disso, a baixa disponibilidade de boi voltou a ficar evidente, o que fez com que pecuaristas recuassem as ofertas de valores menores, levando frigoríficos a abrir preços mais altos. Em março, até o dia 31 (terça-feira), o Indicador CEPEA/B3 apontou ligeira elevação de 0,7%, fechando a R$ 203,15 na terça. Entre os dias 25 de março a 1º de abril, o Indicador teve alta de 1,75%, a R$ 203,00 no dia 1º.

Com informações Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias