Pecuária

Comercialização de sêmen aumenta 18% no acumulado de 2019

Raças de corte tiveram crescimento de 23,6% na comercialização

20/11/2019 - 17:38 | Por Pâmela Machado* - SBA

De acordo com informações divulgadas pela Associação Brasileira de Inseminação Artificial (Asbia) houve aumento no número de comercialização de genética com o fechamento do terceiro trimestre. O Relatório  ASBIA Index apontou que houve crescimento nas vendas de sêmen, em 2018 o valor alcançado foi de  9.701.282, neste ano, até o fim do terceiro trimestre foram 11.450.505 doses, crescimento de 18%. De acordo com o presidente da Asbia, Márcio Nery Magalhães Júnior afirma que o aumento comprova a valorização do melhoramento genética. “Este é o único insumo permanente que se coloca na pecuária de leite e de corte, atuando no aumento da produção, na redução dos custos e no crescimento da sustentabilidade da pecuária de corte e leite. Os números provam o ótimo desempenho e confirmam a minha previsão de que estamos caminhando para 18 milhões de doses em 2019”.

Segundo os dados, o crescimento se deve, principalmente, às raças de corte, com a comercialização de 7,9 milhões de doses nos primeiros nove meses do ano. No mesmo período do ano passado, foram vendidas 6,4 milhões, valor 23,6% menor. No panorama das raças leiteiras, o avanço nas vendas foi de 7,2%, passando de 3,2 milhões de doses comercializadas para 3,5 milhões. As exportações também tiveram crescimento, fechando crescimento de 30,3% no comparativo anual. 

Com informações da Asbia

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias