Pecuária

Técnica permite longevidade do rebanho

Fase mais longa do animal é do nascimento até a entrada na reprodução

03/10/2019 - 10:58 | Por Kaile Rodrigues - SBA

A pecuária bovina tem o ciclo de proteína animal mais longo que existe, se comparada a outras cadeias produtivas. Uma maneira de reduzir o tempo é investir na precocidade sexual dos animais. Pensando em redução de custos de produção tornando o processo eficiente, uma das alternativas é compactar o início da cadeia da carne com o produto final, que é a liberação do animal para o abate no frigorifico.  A fase mais longa do animal é do nascimento até a entrada na reprodução porque o mesmo ainda passa pela cria e recria.

Além da diminuição do ciclo, se tem ainda ganho genético acelerado, aumentando o retorno da matriz e do reprodutor. A professora de medicina veterinária da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Eliane Vianna da Costa e Silva, salienta que há 15 anos já se trabalha com seleção para precocidade sexual, e que os trabalhos tem avançado ao longo dos anos.

Compartilhar

Últimas Notícias