Floresta

Produtos florestais são o terceiro mais exportado pela agropecuária e receita alcança R$ 86,6 bilhões

Crescimento do setor em 2018 foi registrado em 13,1% frente ao ano anterior

25/09/2019 - 09:06 | Por Thalya Godoy* - SBA

O setor de florestas plantadas para fins industriais registrou crescimento de 13,1% em 2018 se comparada ao ano anterior, o que representa uma receita de R$ 86,6 bilhões, segundo informações da Indústria Brasileira de Árvores (IBÁ). Segundo a instituição, o ramo continuou crescendo porque não foi afetado pela crise econômica, diferente de outras culturas agrícolas.

A participação deste segmento da indústria no Produto Interno Bruto (PIB) foi de 1,3% e 6,9% no PIB industrial, um desempenho melhor do que em outros setores da indústria e agropecuária. Entre os produtos do setor estão pisos, painéis de madeira, papel, celulose, madeira serrada e carvão vegetal.

O cenário de crescimento é atribuído as exportações. Em 2018, a comercialização de produtos florestais resultaram em US$ 12,5 bilhões. Este valor representa aumento de 24,1% do que o registrado em 2017. No saldo da balança comercial, a participação da área alcançou novo recorde, com US$ 11,47 bilhões. A celulose também registrou o maior desempenho no mercado externo no ano passado, impulsionando o Brasil para o nível de maior exportador mundial desse insumo.

As exportações de produtos florestais ficam em terceiro lugar em porcentagem do volume total exportado pela agropecuária do país, com 15% de participação, ficando atrás da soja e de carnes.

Com informações do Mapa

*Texto supervisionado por Douglas Ferreira

 

Compartilhar

Últimas Notícias