Previsão do Tempo

Chuva ganha força no Nordeste

Chuva mais intensa chega nesta sexta-feira (22) em grande parte do interior nordestino

21/10/2021 - 04:00 | Por AgroClima - SBA | Siga-nos no Google News

Ao longo desta quinta-feira (21), a chuva avança e ganha ainda mais intensidade nas áreas do centro-oeste e sul da Bahia, assim como no extremo sul dos estados do Maranhão e Piauí. Já as áreas do interior do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará, não devem receber chuva ao longo do dia. Na costa leste e demais áreas da região, a chuva deve ser mais isolada e passageira durante o período da tarde.

Na região Norte, cenário semelhante com alerta para temporais a qualquer hora do dia principalmente em Roraima, interior do Pará, Tocantins e norte do Amazonas, incluindo a capital, Manaus (AM). Nas demais áreas da região, chove de forma isolada à tarde, com risco para temporais. 

Outra região que ainda deve receber bastante chuva ao longo desta quinta (21) é o Sudeste do país. Os volumes diminuem se comparados ao início da semana, mas a chuva ainda é frequente no leste de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, além do sul e leste de Minas Gerais. O tempo firme vai predominar no interior de São Paulo e nas demais áreas a chuva acontece no período da tarde. 

No Centro-Oeste do país, a tendência é de tempo firme em Mato Grosso do Sul, assim como no sul de Mato Grosso e sudoeste de Goiás. Nas demais áreas há previsão de chuva apo longo da tarde com alto risco de temporais. 


Já no Sul brasileiro, é o tempo firme que predomina sobre a maior parte da região, mas a infiltração marítima ainda provoca chuva ao longo do dia em áreas do leste de Santa Catarina e do Paraná, incluindo as capitais. 

TENDÊNCIA

A expectativa é de que neste sábado (22), uma nova frente fria se forme e avance pelo Sul do país, levando risco de temporais entre o Rio Grande do Sul e o Paraná. Nas demais áreas do país, o sábado (22) será de sol entre nuvens com chuva isolada no período da tarde. Ao longo deste domingo (23), a chuva forte retorna em diversos pontos do Centro-Sul, e as temperaturas ficam mais amenas nessas áreas. 

CRISE HÍDRICA 

Reflexo direto da seca histórica vivenciada pelo país neste ano de 2021, a situação crítica dos reservatórios brasileiros tem preocupado diversos produtores e tem causado racionamento hídrico em diversos municípios. Na Cantareira, o nível do reservatório finalmente voltou a subir com as chuvas intensas dos últimos dias, mas o cenário está longe de ser o ideal. Os níveis estão em cerca de 30%, quando a média para o reservatório teria que ser próximo de 60%. Entretanto, se comparado ao ano passado, as chuvas vieram mais cedo durante a estação da primavera, e a expectativa é de que em meados de novembro a situação já esteja um pouco mais regular. 
 

Mais detalhes, no AgroClima de hoje (21).

Foto de capa: Clima ao Vivo

Compartilhar

Últimas Notícias