Entrevista

BBM está entre as maiores registradoras de cédulas de produto rural do Brasil

Entrevista com consultor foi ao programa 'Mais Pecuária', do Canal do Boi

14/10/2021 - 07:00 | Por Thauana Luares* - SBA | Siga-nos no Google News

A Bolsa Brasileira de Mercadorias (BBM) está entre as maiores registradoras de cédulas de produto rural do Brasil (CPR), com volume de recursos levantados em aproximadamente R$ 2,5 bilhões neste ano. Para 2022, a expectativa é de R$ 10 bilhões - crescimento de 400%. O consultor da BBM, Carlos Vidonsky, falou sobre o assunto durante entrevista ao programa "Mais Pecuária", do Canal do Boi, na quarta-feira (13).

“As expectativas é das melhores possíveis, se agente pesar que a partir de janeiro de 2021, a obrigatoriedade era de CPRs acima de 1 milhão de reais, e agora com o adiamento para janeiro de 2022, a obrigatoriedade será de 250 mil reais, podendo ser colocado de frente quatro vezes a mais desse volume que estamos falando”, afirmou.

Segundo Vidonsky, o volume apresentado é representativo, referente aos valores já registrados na B3 e, apesar da não obrigatoriedade de CPRs abaixo de R$ 1 milhão, há clientes se registrando.

Veja a entrevista: 

Compartilhar

Últimas Notícias