Morre o doutor em Agronomia, Paulo Cesar Sentelhas

Mestre em agrometeorologia estava em tratamento de Covid-19

21/09/2021 - 16:38 | Por Valdecir Cremon - SBA | Siga-nos no Google News

Morreu na tarde desta terça-feira, aos 60 anos, o professor-doutor em Agronomia, Paulo Cesar Sentelhas, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), de Piracicaba (SP). Ele estava em tratamento de Covid-19 desde o começo de setembro, em um hospital da cidade.

A morte foi confirmada em nota pela Esalq. Sentelhas era membro do departamento de Engenharia de Biossistemas da instituição, que é subordinada à Universidade de São Paulo (USP) . “Neste momento de tristeza e dor, manifestamos nossas condolências aos familiares e amigos”, diz o comunicado.

O velório será restrito a familiares e o corpo será cremado nesta quarta-feira, em Piracicaba (SP).

Paulo Cesar Sentelhas (Foto: Arquivo/Esalq)

Resumo

Sentelhas era nascido em Espírito Santo do Pinhal (SP), mestre em Agronomia (Agrometeorologia) e doutor em Agronomia (Irrigação e Drenagem) pela Universidade de São Paulo, pós-doutor pela Universidade de Guelph (Canadá), e pesquisador visitante o consórcio Universidade de Guelph - Weather Innovations Incorporated. Também era livre-docente em Agrometeorologia pela Esalq/USP e pesquisador do IPMET/Unesp e do Instituto Agronômico de Campinas. Atualmente, era professor associado, nível 3, da Esalq da Universidade de São Paulo e pesquisador do CNPq, nível 1A, e editor-chefe da revista Scientia Agricola. Em 2019 foi secretário e presidente da Sociedade Brasileira de Agrometeorologia, e presidente da Federação Latinoamericana de Agrometeorologia.

Veja aqui o currículo completo.


 

Compartilhar

Últimas Notícias