Geral

Confira como andam as manifestações pelo país neste sete de setembro

Atos a favor do presidente Bolsonaro acontecem em vários pontos do país neste feriado da Independência

07/09/2021 - 12:10 | Por Thalya Godoy - SBA | Siga-nos no Google News

Manifestações a favor do presidente Bolsonaro acontecem em todo país neste feriado da Independência. Entre as pautas está o apoio a volta do voto impresso e criticas às instituições do judiciário e legislativo. 

Em Sinop (MT), que completa 47 anos na próxima terça-feira (14), estão previstos dois atos. O primeiro partiu do Centro de Eventos Dante de Oliveira de manhã, com veículos, motos, caminhões e automóveis. 

Confira mais detalhes com o repórter do Canal do Boi, Valdir Pacheco.

Paraná
O município de Londrina, no Paraná, terá dois pontos de manifestações. O primeiro ocorre em frente da Sociedade Rural do Paraná, onde a concentração acontece desde manhã. A tarde, as manifestações serão no centro da cidade, no cruzamento das avenidas Higienópolis e J.K. 

A expectativa é que os atos aconteçam de forma pacífica. 

 

Manifestantes em Londrina reúnem-se em frente do prédio da Sociedade Rural do Paraná. Foto por Mauro Andrade/ SBA

 

Brasília

No Distrito Federal, as manifestações ocorrem de forma pacífica e a estimativa é que mais de 100 mil pessoas participaram do ato durante a manhã. Produtores rurais, donos de transportadoras e caminhoneiros estiveram presente no evento, que conta com acampamento próximo à concentração.

Presidente Bolsonaro discursou de manhã para os manifestantes em Brasília. Foto por Berenice Leite

Mato Grosso do Sul

Em Campo Grande (MS), manifestantes se concentram na Avenida Afonso Pena e na Praça do Rádio Clube em uma carreata em prol do presidente da República e da aprovação do Marco Temporal, no STF, já que muitos produtores rurais participam do ato.

São Paulo

Em Araçatuba (SP), cerca de duas mil pessoas, segundo a organização, reuniram-se nesta manhã na Avenida dos Araçás e seguiram pelas principais ruas da cidade para protestar.

Na capital do estado, a concentração na Avenida Paulista começou por volta de 6h e próximo às 10h milhares de pessoas se reuniam entre a sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e o Museu de Arte de São Paulo (Masp).

Ônibus chegaram na capital vindos do interior de São Paulo e outros estados, como Rio de Janeiro, Santa Catarina e Minas Gerais.

Por volta das 12h, a concentração na Avenida Paulista aumentou e a expectativa é que continue a crescer até as 15h30 com a chegada do presidente da República, Jair Bolsonaro.

A movimentação no local é calma, com policiamento da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Rio Grande do Sul
As manifestações no estado gaúcho aconteceram em várias cidades. No município de Cruz Alta, produtores rurais, caminhoneiros e comunidade realizaram uma carreata que saiu do centro até o trevo de entrada da cidade, no período da tarde. 

A manifestação foi pacífica e a circulação dos veículos estava liberada.

Carreata em Cruz Alta ocorreu no período vespertino. Foto por Viviane Lara/ SBA

 

Compartilhar

Últimas Notícias