Agricultura

Comissão da Câmara analisa prejuízos causados pela geada na produção de alimentos

Café foi uma das culturas mais impactadas pela geada

30/08/2021 - 14:05 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados debate na próxima quarta-feira (1º) os prejuízos causados pelas geadas na produção agrícola.

“As intensas geadas que caíram sobre as lavouras e pastagens no Brasil e, em especial em Minas Gerais, impactaram de forma trágica, levando milhares de produtores rurais a uma situação de extrema dificuldade”, alerta o deputado Domingos Sávio (PSDB-MG), um dos parlamentares que solicitou a audiência.

Já o deputado Evair Vieira de Melo (PP-ES), que também propôs o debate, quer discutir o prejuízo causado especificamente à produção cafeeira. Segundo ele, a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) estima que as geadas de julho atingiram mais de 20% dos hectares de café arábica. 

Segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, mais de 500 municípios mineiros foram afetados.

“As perdas para os cafeicultores mineiros foram vultosas: 156 mil hectares atingidos, 9.500 produtores, até 70% das plantações, representando uma perda de quatro milhões de sacas de café em 2022”, calcula. 

O deputado Zé Silva (Solidariedade-MG) pediu audiência para avaliar os prejuízos causados pelas geadas aos produtores de hortaliças.

“Há registros de que as hortaliças foram as mais afetadas no sul de Minas. Já em São Paulo 40% das áreas de alface-crespa 25% já foram descartadas e 20% de americana”, enfatiza Zé Silva acrescentando que as baixas temperaturas também afetaram as produções de banana, laranja, manga, uva, tangerina, batata e tomate.

Participantes

Foram convidados para discutir o assunto com os parlamentares, entre outros, representantes do Ministério da Agricultura, da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), da Conab e da Embrapa.

A reunião será realizada às 9h (horário de Brasília), no plenário 6.


Com informações Agência Câmara de Notícias / Foto de capa: Foto de capa por Sindicato Rural de São Mateus do Sul

Compartilhar

Últimas Notícias