Assista agora:
Pecuária

Exportação de carne bovina para os EUA cresce 18,2% em junho

País norte-americano ocupa 3º maior destino da carne bovina nacional, ficando atrás apenas da China e de Hong Kong

22/07/2021 - 13:00 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

As exportações brasileiras de carne bovina aos Estados Unidos (EUA), em junho, atingiram o volume de 8,78 mil toneladas, acréscimo de 18,2% em comparação ao mesmo período do ano passado. Segundo o boletim semanal do mercado pecuário, do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o aumento nos envios da proteína aos EUA surpreende o setor pecuário nacional.

O país norte-americano ocupa o 3º maior destino da carne bovina nacional, ficando atrás apenas da China e de Hong Kong.

Segundo pesquisadores do Cepea, a habilitação de alguns frigoríficos brasileiros para exportar carne aos EUA, concedida no ano passado, e a desvalorização do Real frente ao Dólar deixaram a carne nacional bastante atrativa para o mercado norte-americano. O baixo número de rebanhos na Austrália também pode estar direcionando a demanda dos EUA ao Brasil.

De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex),o valor enviado aos EUA em junho, o Brasil é 17,9% do que o embarcado em maio, quando as vendas ao país atingiram recorde mensal de 10,7 mil toneladas.

Porém, de janeiro a junho de 2021, os envios de carne bovina aos Estados Unidos somaram 42,48 mil toneladas, um recorde, mais que o dobro do volume exportado na primeira metade de 2020, 20,1 mil toneladas, e bem acima das 16,9 mil toneladas do mesmo período de 2019. 

 

Com informações do Cepea.

Compartilhar

Últimas Notícias

3° Leilão Virtual Produção PO da Guanandi