Agricultura

Cotações de grãos apresentam queda no mercado exterior, aponta Imea

Situação guiada, principalmente, pelas incertezas em relação às políticas de biocombustíveis nos EUA

23/06/2021 - 07:00 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Durante a última semana, as cotações de soja e milho apresentaram queda no mercado internacional. A situação da soja foi guiada, principalmente, pelas incertezas em relação às políticas de biocombustíveis nos Estados Unidos e a curta oferta de óleos vegetais no cenário global. Já para o milho, a mescla de melhores condições climáticas em algumas regiões dos Estados Unidos, com a seca no cinturão americano, direcionaram as cotações na CME – Group.

Os dados foram informados pelo Instituto de Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), na última segunda-feira (21).

O preço disponível da soja, na CME – Group, apresentou recuo de 8,29% no comparativo semanal.

Em Mato Grosso, o indicador Imea – MT apresentou queda de 7,56% ante a semana anterior, fechando o preço da saca de 60 kg em R$ 145,15 por saca na média semanal.

Para o milho, durante a última semana. Os preços em Chicago tiveram decréscimo de -4,24%, ante a semana anterior, ficando cotados na média de US$ 6,58 / bu.

Em Mato Grosso, a colheita que conta com 3,91% das áreas cultivadas pressionou o preço do cereal, que teve queda de 1,16% no comparativo semanal, fechando a cotação média em R$ 72,43/sc.

Logística

Durante a semana passada, o preço do frete dos grãos apresentou alta em algumas rotas de MT. A maior valorização foi registrada no trecho Sorriso  – Rondonópolis (MT), cotada em R$ 100,00 por tonelada, alta de 5,30% no comparativo semanal.

O acréscimo está vinculado à elevação nos preços do diesel, que cresceram em 0,66% na primeira quinzena de junho, se comparado ao mês de maio, e à redução na frota de caminhões, já que a demanda pelo frete esteve baixa nas últimas semanas.

 

Com informações do Imea. / Foto: Tony Oliveira - Sistema CNA / Senar. 

Compartilhar

Últimas Notícias