Ovos: exportação no 1º quadrimestre é a maior para o período em 5 anos

Alta no custo de produção dificulta lucro no mercado interno

10/05/2021 - 14:05 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

Com o mercado doméstico desaquecido e o câmbio favorecendo as vendas externas, as exportações de ovos ganham relevância em 2021. Segundo divulgado pela Secex, em abril, 701,2 toneladas de ovos para consumo foram enviadas ao exterior, alta de 55% ante março.

Nos primeiros quatro meses do ano, o Brasil exportou 3,95 mil toneladas de ovos para consumo, maior volume para o período desde 2016. As vendas externas da proteína têm sido uma boa forma de desafogar o setor, que, apesar dos preços domésticos elevados, registram uma margem de lucro pequena, por conta dos custos de produção elevados.

De acordo com o Cepea, apesar do início do mês, o mercado de ovos esteve lento, frustrando as expectativas de vendas melhores com a entrada de maio. Assim, produtores e distribuidores têm concedido descontos para efetuar as vendas, pressionando o valor médio pago pela proteína.



Com informações Cepea. / Foto: Pixabay

Compartilhar

Últimas Notícias