Exportações

Brasil abre seis novos mercados para exportação de produtos de origem animal

No mesmo período foram habilitados 136 estabelecimentos sob o Serviço de Inspeção Federal (SIF) para exportar produtos de origem animal

23/04/2021 - 15:57 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

No primeiro trimestre de 2021, o Brasil abriu seis novos mercados para exportação de produtos de origem animal e três para exportação de produtos para alimentação animal. Também foram acordados 20 certificados sanitários para atualização de modelos vigentes e para abertura de mercados.

De janeiro a março de 2021, o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) habilitou 136 estabelecimentos sob o Serviço de Inspeção Federal (SIF) para exportar produtos de origem animal para países com exigências específicas. 

Certificação sanitária 
Em relação à certificação sanitária, que assegura que os produtos e os sistemas de produção atendem a todos os requisitos acordados com os países para os quais o Brasil exporta seus produtos de origem animal, foram emitidos no primeiro trimestre 80.934 Certificados Sanitários Internacionais (CSI), 24.634 Certificados Sanitários Nacionais (CSN), 2.347 Guias de Trânsito (GT) e 78.269 Declarações de Conformidade de Produtos de Origem Animal (DCPOA). 

O tempo médio para emissão de certificados sanitários foi de 27h25, apontam os dados do Mapa.

 

Informações por Mapa

Compartilhar

Últimas Notícias