Agricultura

Rally da Safra aponta aumento de 8,5% produção de soja

Apesar de problemas climáticos, safra deve ter "resultados surpreendentes"

08/04/2021 - 07:00 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

A safra de soja 2020/2021, no Brasil, deve encerrar o ano com recorde histórico na produção. Estimativa apresentada pelo Rally da Safra aponta para 137,1 milhões de toneladas, 10 milhões a mais na comparação com a safra anterior e um crescimento de 8,5%. A area colhida foi de 38,6 milhões de hectares, um crescimento de 4,4% se comparada com o ciclo anterior e o número de sacas foi de 57 para 59,3 sacas por hectare.

O aumento de área, de 1,6 milhão de hectares, foi fator importante para que o grão de soja se desenvolvesse melhor e com maior peso, dizem técnicos do Rally. Somente em Mato Grosso o aumento foi de 350 mil hectares. Para a proxima safra, que começa a ser plantada no mês de novembro, espera-se que a área cultivada chegue aos 40 milhões de hectares.

Apesar da falta de chuvas durante o plantio e do excesso de água na época de colheita, os resultados da safra ficaram ao contrário do esperado principalmente na Bahia e no Rio Grande do Sul.

Na Bahia, as chuvas caíram no limite até o final de janeiro. Foram colhidas 67 sacas por hectare, superando as 63,3 sacas do ciclo anterior, dando ao estado o status de campeão de produtividade. No Rio Grande do Sul, a baixa interferencia do fenômeno La Niña surpreendeu mesmo com a semeadura sendo feita no final de novembro e dezembro, considerado período de alto risco. O estado registrou a segunda maior produtividade do Brasil. Foram 57,9 sacas por hectare em contraste com as 37,1 sacas da safra 2019/2020. 
 

Foto: Wenderson AraujoTrilux - Sistema CNA Senar

Compartilhar

Últimas Notícias