Mercado

Cafeicultores atentos ao clima quente e seco

Desenvolvimento das lavouras estará dependente do retorno das chuvas

16/09/2020 - 08:32 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), com a colheita praticamente finalizada em todas as regiões acompanhadas pela entidade e com algumas floradas pontuais sendo observadas nas lavouras de arábica, cafeicultores estão preocupados com o clima quente e seco, que já vem prejudicando as condições dos cafezais. 

Com o estresse sofrido após a colheita, o retorno das chuvas é essencial para a recuperação fisiológica das lavouras, para a indução da florada e para o pegamento das flores já abertas. Previsões da Climatempo indicam possibilidade de chuvas no Sudeste a partir do próximo domingo (20). 

Quanto aos preços do arábica, estão oscilando com certa força, influenciados por flutuações externas e pela retração vendedora. No balanço de sete dias, porém, houve queda. O Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 561,54/saca de 60 kg nessa terça-feira, 15, forte baixa de 6,48% frente ao dia 8.

 

Informações por Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias