Agricultura

IBGE indica alta de 4,2% na safra de grãos que deve atingir 251,7 milhões de toneladas

Estimativa de crescimento em relação a safra anterior será o equivalente a 10,2 milhões de toneladas

10/09/2020 - 12:05 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

A estimativa de agosto de 2020 para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas foi de 251,7 milhões de toneladas e se manteve no patamar recorde na série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), ficando 4,2% (mais 10,2 milhões de toneladas) acima da safra 2019 (241,5 milhões de toneladas) e 0,5% superior (mais 1,2 milhão de toneladas) à estimativa de julho.

A área a ser colhida foi de 65,2 milhões de hectares, com alta de 3,1% (mais 1,9 milhão de hectares) frente à área colhida em 2019. Em relação ao mês anterior, o crescimento foi de 0,4% (271,4 mil hectares).

O arroz, o milho e a soja, os três principais produtos do grupo, somam 92,3% da estimativa da produção e 87,2% da área a ser colhida. Em relação a 2019, houve acréscimos de 3,0% na área do milho (mais 3,3% na primeira safra e 2,9% na segunda); de 3,5% na área da soja e de 0,1% na área do algodão herbáceo, com queda de 1,5% na área de arroz. 

Na produção, estimam-se altas de 6,6% para a soja, de 7,2% para o arroz e de 0,3% para o algodão, bem como decréscimo de 0,4% para o milho (mais 2,1% na primeira safra e menos 1,2% na segunda).

Para a soja foi estimada uma produção de 121,0 milhões de toneladas; para o milho, de 100,2 milhões de toneladas (26,5 milhões de toneladas na primeira safra e 73,7 milhões de toneladas na segunda); para o arroz, de 11,0 milhões de toneladas e, para o algodão, de 6,9 milhões de toneladas.

Mato Grosso lidera a produção nacional de grãos, com participação de 28,6%, seguido pelo Paraná (16,2%), Rio Grande do Sul (10,7%), Goiás (10,3%), Mato Grosso do Sul (8,0%) e Minas Gerais (6,1%), que, somados, representaram 79,9% do total nacional. 

 

Informações por IBGE/ Foto de capa por Wenderson Araujo - Trilux

Compartilhar

Últimas Notícias