Agricultura

Cotações do café arábica atingem recorde nominal, diz Cepea

Indicador Cepea encerrou a R$ 610,57/saca de 60 kg, maior valor observado desde 1996

02/09/2020 - 11:58 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), enquanto os trabalhos de campo do café arábica da safra 2020/21 estão próximos do fim, os preços da variedade seguem elevados. 

Na segunda-feira (31), o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 610,57/saca de 60 kg, novo recorde nominal da série histórica do Cepea, iniciada em 1996. Em termos reais, no entanto, o maior preço diário foi registrado em 28 de maio de 1997, quando o Indicador fechou a R$ 1.720,65/sc (os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de jul/20). 

Segundo pesquisadores do Cepea, o impulso veio do avanço dos futuros da variedade e da alta do dólar em alguns dias da semana passada. A liquidez esteve mais limitada, uma vez que agentes seguem retraídos, devido ao bom volume de negócios fechado em semanas anteriores.

Entre 25 de agosto e 1º de setembro, o Indicador do arábica subiu 1,5%, fechando a R$ 605,15/sc nessa terça-feira. Quanto ao robusta, os preços domésticos seguem acima de R$ 400,00/sc, em patamares reais próximos dos registrados em janeiro de 2018. 

Nessa terça, 1º, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 acima fechou a R$ 411,71/sc, avanço de 1,3% frente ao dia 25.

 

Informações por Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias