Pecuária

Mercado do boi gordo encerra semana com arroba a R$ 220 e alongamento nas escalas de abate

Volume de negócios registrou crescimento na última quinta-feira

24/07/2020 - 14:49 | Por Redação - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com informações do boletim da Scot Consultoria, a tarde da última quinta-feira (24/7) foi marcada por um volume considerável de negócios e, com isso, os frigoríficos  paulistas conseguiram alongar as escalas de abate, que atentem em média cinco dias.

A arroba do boi gordo subiu 0,9% na comparação feita dia a dia, o que significa alta de R$ 2/@.

Desta forma, a cotação do boi “comum’’, destinado ao mercado interno está em R$ 220,00/@, considerando o preço bruto, à vista, R$ 219,50/@, com desconto do Senar, e R$ 216,50/@ com desconto do Funrural e Senar.

Para boiadas que atendem os requisitos do mercado chinês, o macho de até trinta meses e novilhas, os preços giram em torno de R$ 225,00/@ e R$ 213,00/@, respectivamente, bruto à vista.

Próxima semana
Nas demais regiões do país, a dificuldade em originar a matéria-prima continua sendo um limitante para os frigoríficos.

Em curto prazo, a expectativa é de um cenário de cotações firmes, associado a oferta limitada de boiadas, exportações colaborando e a proximidade da virada do mês, dando sustentação ao mercado.

 

Informações por Scot Consultoria

Compartilhar

Últimas Notícias