Assista agora:
Pecuária

Mercado do boi gordo no Mato Grosso com negócios a R$ 181,22/@, diz Imea

Cotação subiu 2,49% no comparativo semanal

30/06/2020 - 11:06 | Por Imea - | Siga-nos no Google News

Segundo informações do Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), em maio, a utilização industrial em Mato Grosso demonstrou uma recuperação, aumentando cerca de 7,99 p.p. em relação a abril e registrando o valor de 76,83%. As regiões que mais corroboraram para este aumento na utilização frigorífica foram a sudeste, oeste e noroeste, que incrementaram 13,96 p.p., 13,92 p.p. e 13,04 p.p., respectivamente, no período.

A volta da maior parte dos frigoríficos, restando apenas dois paralisados, também influenciou no número de abates, que subiu significativamente no mês. A região médio-norte apresentou forte decréscimo de 26,92 p.p. no comparativo mensal, em decorrência da característica de confinamento da região, que até o momento está menor neste ano. 

Para o próximo mês, as perspectivas são de que a utilização volte a apresentar queda, devido à menor oferta de animais observada ao longo das semanas de junho. 

Arroba do boi gordo e vaca gorda
Com a diminuição da oferta de animais, as arrobas do boi e da vaca gorda ficaram cotadas nesta semana a R$ 181,22 e R$ 170,02, respectivamente. Valores 2,49% e 2,23% maiores, na mesma ordem, no comparativo semanal. 

Mercado de reposição
Na semana passada, criadores relataram uma maior procura de gado para confinamento. Assim, o bezerro de ano ficou cotado a R$ 1.775,24/cab., acréscimo semanal de 0,72%. 

Escalas de abate
A escala de abate teve variação mínima de -0,06 dia no comparativo semanal, ficando cotada na média de 6,70 dias. 

Mercado futuro
No mercado futuro, as cotações se mantiveram em alta. No contrato corrente, a variação semanal foi de 2,05%, já para out/20 foi de 1,60%, fechando em R$ 216,54/@ e R$ 214,96/@, respectivamente.

Compartilhar

Últimas Notícias