Agricultura

Mercado de laranja em ritmo lento

Baixas temperaturas e decreto de fechamento do comércio estão atribuídos ao cenário

26/06/2020 - 16:02 | Por Cepea - | Siga-nos no Google News

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), com a proximidade do final de mês, as temperaturas mais baixas e o decreto do fechamento do comércio em algumas cidades do estado de São Paulo, devido ao avanço do Coronavírus, o mercado de laranja in natura permaneceu lento nos últimos dias.

De segunda a quinta-feira, a média de comercialização da pera é de R$ 25,32/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 0,8% em relação à do período anterior. Segundo produtores consultados pelo Cepea, caso o mercado de mesa fique ainda mais lento, os envios à indústria tendem a aumentar, no intuito de evitar perdas e preços mais baixos.

No caso da lima ácida tahiti, agentes observaram certa reação da demanda nos últimos dias – tanto interna quanto externa. Além disso, as atividades de colheita seguem controladas, para impedir queda nos valores. Desse modo, com a menor oferta, os preços da variedade reagiram. Na parcial da semana, o preço médio é de R$ 33,40/cx de 27 kg, colhida, valor 19,1% acima do período anterior. 

Compartilhar

Últimas Notícias