Agricultura

Área plantada do milho em Mato Grosso do Sul tem redução na safra 19/20

Aprosoja ms informou que poderá haver redução de aproximadamente 9,02%

27/05/2020 - 16:47 | Por Vinicius Souza - SBA | Siga-nos no Google News

A safra do milho em mato grosso do sul está enfrentando um período incomum neste ano, ja  área plantada perdeu espaço, além disso outros fatores contribuem para os impactos que o setor está sentindo em 2020.

 

A federação de agricultura e a aprosoja ms informaram que poderá haver uma redução na área plantada em aproximadamente 9,02%, em comparação aos dados da safra anterior (2018/2019), passando de 2,173 milhões para 1,977 milhão de hectares.  O volume, segundo explicado, está sendo verificado pela equipe técnica. O presidente da Aprosoja MS, André Dobashi falou sobre o assunto com nossa reportagem. “Houve sim, redução na área plantada de milho, a gente tava esperando até uma redução menor, na casa de 9%, é o que a aprosoja ms vem divulgando desde que a gente percebeu um atraso na semeadura da soja e sempre que isso acontece isso influência grandemente na semeadura da segunda safra no Mato Grosso do Sul” afirma.

 

A falta de chuvas e as altas temperaturas também se tornaram um problema para o milho no mato grosso do sul. Estados vizinhos como são paulo e paraná enfrentaram cenário igual no mesmo período. “O Estado praticamente foi atingido de maneira igual em toda extensão territorial, nós tivemos na primeira semana de maio um frio já importante, observamos geadas importantes, principalmente no sul do estado e antes disso, a gente vinha vindo de estiagem de mais de 20 dias, isso foi extremamente importante pro milho, observamos bastante sintomas de extresse hidrico no milho” comenta.

 

Importante elemento na cadeia produtiva da carne, o milho encerrou a primeira quinzena de maio, com valorização de 3,86% em relação ao início do mês e segundo o levantamento já teve cerca de 40% da produção comercializada em mato grosso do sul, considerando o mesmo período de safrinha do ano anterior. “Agora a preocupação é sempre na finalização do enchimento d egrão, ainda temos em funçã do atraso na semeadura, bastante milho em processo de polenização e isso ai é um período muito crítico tanto de extresse hídrico, quanto ao frio” revela André Dobashi.

 

Mas as expectativas são boas, Mato Grosso do Sul, espera manter a mesma produtividade média do ano passado frente a redução de área  e assim como em outras regiões, a exemplo do mato grosso, os resultados serão positivos.  “Agora em 2020 cai um pouco as exportações, isso é normal, a gente tá esperando uma nova safra ai com o produto que deve vir numa área entre 9 e 12% abaixo do que a gente estimava, mas isso não nos desanima, o milho está se desenvolvendo de uma maneira muito boa,  a gente não espera que tenhamos a mesma produção do ano passado, mas com a produtividade boa, a gente ainda pode ter uma boa produção e assim bater novos recordes” finaliza o Presidente da Aprosoja MS.

Compartilhar

Últimas Notícias