Pecuária

Dificuldade em completar escalas de abate resultou em alta de R$ 1,50/@ no mercado do boi gordo

Cotações no sul de Goiás subiram em 0,8% na semana

20/05/2020 - 13:59 | Por Scot Consultoria - | Siga-nos no Google News

De acordo com informações da Scot Consultoria, mesmo com aumento gradual da oferta de boiadas, a segunda quinzena do mês, associada à demanda interna estabilizada em função do isolamento social, não permitiu maior fluidez aos negócios.

Outro fator que chama a atenção é a antecipação dos feriados de Corpus Christi e Consciência Negra, no Estado de São Paulo, para hoje e quinta-feira (21/05), o que deixou as indústrias frigoríficas cautelosas quanto ao consumo interno nesse feriadão.

Diante desse quadro, a cotação do boi gordo na praça paulista permaneceu estável.

Para os frigoríficos habilitados para o mercado chinês, as ofertas de compra giram em torno de R$ 200,00 por arroba, à vista e bruto, considerando o macho terminado com no máximo trinta meses.

Sul de Goiás

A dificuldade em completar as escalas de abate da próxima semana tem feito com que as indústrias ofertem preços melhores, esse é o caso do Sul de Goiás, cuja cotação do boi gordo subiu 0,8% ou R$ 1,50/@, estando cotada em R$ 182,00/@, considerando o preço bruto, a prazo, R$ 181,50/@, com desconto do Senar, e R$ 179,50/@ com desconto do Funrural e Senar.

Compartilhar

Últimas Notícias