Economia

Cantareira registra menor quantidade de chuvas desde 2000

Abril deste ano registrou 2,2mm enquanto a média histórica é de 86,6mm

30/04/2020 - 12:48 | Por Assessoria - Climatempo | Siga-nos no Google News

O outono é uma estação marcada pela redução da chuva em São Paulo, mas há uma situação especial neste abril de 2020. Na capital paulista, por exemplo, este mês é o segundo abril mais seco no histórico da medição automática, que começou em julho de 2006, há 14 anos.

Cantareira
A falta de chuva também foi sentida entre São Paulo e o sul de Minas Gerais, nas áreas de captação do Cantareira, que é o maior reservatório que abastece a Grande São Paulo. 

O Sistema Canteira tem como média histórica 86,6mm de chuva no mês de abril e, até agora, 29 de abril, só foram registrados 2,2mm, segundo a Sabesp. Nunca choveu tão pouco durante um mês de abril, desde quando começaram as medições, em 2000. 

O reservatório operava no dia 29 de abril com 61,9% de sua capacidade. "Esta é uma situação bastante confortável. A queda que ocorre daqui para frente, no decorrer do outono/inverno, é uma situação normal nesta época do ano", afirma a meteorologista Josélia Pegorim. A chuva dos últimos meses foi o que ajudou a elevar o nível dos reservatórios, deixando o Cantareira em uma situação mais tranquila.

No entanto, é valido lembrar que estamos em um período seco, e é possível que nos próximos meses o Cantareira possa ficar abaixo dos 60% novamente, entrando em estado de atenção. Mesmo com os demais reservatórios que hoje estão interligados e podem ajudar o Cantareira, é recomendado consumir a água de forma consciente.

Faixas de operação
Confira as faixas que definem as condições de operação do Sistema Cantareira, conforme o nível de armazenamento.

Normal: volume de água igual ou maior que 60%, que permite retirada de até 33 m³/s;
Atenção: volume de água igual ou maior que 40%, que permite retirada de 31 m³/s;
Alerta: volume de água igual ou maior que 30%, que permite retirada de 27 m³/s;
Restrição: volume de água igual ou maior que 20%, que permite retirada de 23 m³/s;
Especial: volume inferior a 20%, que permite retirada de 15,5 m³/s.

 

Foto de capa: divulgação Sabesp

Compartilhar

Últimas Notícias