Suinocultura

Demanda diminui e mercado de suínos registra queda

Indústria tem comprado menos volume e trabalha com produção reduzida

16/04/2020 - 17:00 | Por Thalya Godoy - SBA | Siga-nos no Google News

As cotações do suíno vivo continuam em baixa na maioria das praças acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). As retrações no mercado independente ocorrem devido a procura desaquecida pela carne, que está inferior à oferta. A indústria tem trabalhado com produção reduzida e compra menos lotes de suínos no mercado independente. 

No acumulado de abril, o suíno sofreu baixa de 20,3% na região SP-5, que contempla Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba, com encerramento a R$ 4,21/kg na última quarta-feira (15). 

Quanto aos insumos, ainda que as cotações também estejam em queda nos últimos dias, a desvalorização do suíno tem sido mais intensa, o que pressiona a relação de troca atual de animal vivo por milho ou por farelo de soja para o menor patamar desde setembro de 2018. 

 

Informações por Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias