Avicultura

Competitividade da carne de frango tem baixa na comparação com suína

Enfraquecimento da demanda interna pressiona as cotações em abril

13/04/2020 - 09:45 | Por Douglas Ferreira - SBA | Siga-nos no Google News

De acordo com pesquisas do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) para o mercado avícola, divulgados na última quinta-feira (9), após 15 dias de quarentena oficial decretada em São Paulo, os preços das principais carnes consumidas no estado apontaram comportamentos variados no atacado da capital paulista. Ao passo que o valor da carcaça casada bovina seguiu estável no período, as cotações do frango inteiro e da carcaça especial suína recuaram.

No mercado de frango após a valorização no final de março, em decorrência do aumento das compras da população, o enfraquecimento da demanda interna pressiona as cotações em abril. Para a carne suína, a lentidão nos negócios e a dificuldade de escoar a produção têm pressionado os valores de todos os produtos do setor, da carne.  

Desta forma a carcaça especial registrou forte desvalorização. Em contrapartida, os preços da carne bovina seguem firmes, em especial por conta da demanda de varejistas para manter seus estoques. Dessa maneira, a carne de frango perde competitividade no comparativo com a suína, mas ganha na relação com a concorrente bovina.

Com informações Cepea

Compartilhar

Últimas Notícias