Mercado

Brasil registra abertura e ampliação de mercado para oito países em março

Entre os produtos estão proteína animal e material genético

09/04/2020 - 16:23 | Por Thalya Godoy - SBA | Siga-nos no Google News

Março foi marcado pela abertura de mercados para produtos brasileiros e ampliação para outros países. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Egito habilitou 42 estabelecimentos brasileiros para fornecimento de carnes. São 27 de frango e 15 de bovina. Também ocorreu a renovação de contrato com 95 empresas (82 de carne bovina e 13 de carne de frango). O governo egípcio também autorizou o início da importação de miúdos bovinos.

A China atualizou, o que não acontecia desde 2015, a lista de estabelecimentos autorizados a vender pescado para o país asiático. Agora, 108 estão autorizados. A Indonésia acertou cota extra de importação de 20 mil toneladas de carne bovina brasileira. Esta decisão aponta expansão da participação brasileira no país, tendo em vista que a Austrália é a principal fornecedora de carnes para os indonésios. Além destes países, o Kuwait abriu seu mercado para a carne bovina brasileira. 

O Brasil também passará a embarcar material genético de aves, como ovos férteis, para o Marrocos e Emirados Árabes Unidos. Na América do Sul, a Argentina aceitou as certificações sanitárias para importação de embriões bovinos, sêmen suíno e carne de rã; e a Colômbia oficializou a compra de milho de pipoca.

De acordo com a ministra do Mapa, Tereza Cristina, frente ao cenário atual, algumas medidas sanitárias, que muitas vezes tornam os processos demorados ou eram usadas como barreiras comerciais, “estão sendo deixadas para trás”

Em recentes entrevistas, ela destacou que o Brasil “tem sido demandado” por outros países que buscam produtos agrícolas e estão preocupados com possível desabastecimento “pós-pandemia do Coronavírus”, como a Malásia e Singapura, que entraram em contato com o Ministério para retomar ou aumentar as importações de carnes de frango e bovina.

Exportações
No primeiro trimestre de 2020, as exportações do agronegócio brasileiro somaram US$ 21,39 bilhões, o que corresponde a 43,2% no total das exportações brasileiras, superior aos 42% de 2019. Produtos como soja, carnes, algodão, amendoim, uvas e sucos apresentaram crescimento significativo.

 

Informações por Mapa

Compartilhar

Últimas Notícias