Economia

Cenário atual requer cautela

Produtor precisa medir todos os custos e ficar  de olho na movimentação da economia

02/04/2020 - 11:54 | Por Kaile Rodrigues - SBA | Siga-nos no Google News

Com a situação atual do Covide–19, como está reagindo a cadeia produtiva  da carne bovina brasileira, frente a pandemia? O vírus teve o seu primeiro caso na China e alastrou pelo mundo trazendo várias implicações para economia, inclusive brasileira. Para saber do assunto, conversamos com o pesquisador da Embrapa gado de corte, Guilherme Malafaia.  De  acordo com o pesquisador, primeiro é necessário entender o que está acontecendo ao redor do mundo, dado a restrição de mobilidade, com o isolamento social, as pessoas deixaram de fazer suas refeições em restaurantes, refeitórios,  fast foods, passando a fazer as refeições em casa. 


O pesquisador ainda menciona que por conta da pandemia, houve um esvaziamento de estoques  nos supermercados, o que torna necessário a reposição de produtos. Neste caso deve,  acontecer uma movimentação dos setores amontante  da cadeia,  mexendo com o setor da indústria  e produção.

Guilherme ainda orienta, que mesmo com o poder de negociação, o produtor rural, precisa se planejar e fazer fluxo de caixa, isso porque as vezes segurar o rebanho na fazenda, para ter um lucro maior, nem sempre funciona, até porque os animais estarão gerando gastos.

Para ele é necessário, medir todos os custos, e ficar  de olho na movimentação da economia. Então mediante ao cenário atual, pode-se concluir que será necessária cautela, uma vez que a economia mundial está oscilando e se percebe uma forte indecisão nos investimentos. 
 

Compartilhar

Últimas Notícias