Leilões

De Olho na Fazenda Sindi Porangaba tem bons resultados no virtual

Grande capacidade de reorganização dos promotores do shopping e do leilão anual da Fazenda Porangaba manteve interesse do público e do mercado para sucesso do evento virtual

24/03/2020 - 10:50 | Por Assessoria - SBA | Siga-nos no Google News

A grande capacidade de reorganização dos promotores do shopping e do leilão anual da Fazenda Porangaba manteve o interesse do público e do mercado para o sucesso do evento virtual. O desafio de vender centenas de lotes em um momento de incertezas e instabilidade da economia mundial foi superado com sucesso. Os representantes da família Curi, titulares do Sindi da Porangaba agradeceram os compradores, o público que lançou e a audiência da TV.

O time comercial, ao final do remate, falou sobre o mérito pela liquidez e valorização dos animais. “A genética Sindi está consolidada na pecuária do Brasil e o plantel da Porangaba hoje é uma das principais referências na criação dessa raça. As qualidades conferidas por características zootécnicas surgem como vantagens nas atividades de produção de carne, de leite e de genética, tanto com o gado puro, quanto com o cruzado, e são trunfos para a rentabilidade e o lucro do pecuarista”, disse o diretor da Connect Leilões, Silvestre Marinho do Carmo.

A evolução dos preços dos lotes de corte, surpreenderam. As 300 cabeças de gado F1 (Sindi X Nelore) foram vendidas na média de R$ 2.281,00. A taxa de crescimento com relação ao ano passado foi de 126,35%. A média de fêmeas ficou em R$ 8.935,00, valor 16,88% maior que o obtido em 2019.  E os machos mantiveram a rentabilidade com R$ 9.411,00 por cabeça.  

Nos cinco dias do shopping e no leilão a Porangaba, os produtos da seleção receberam consultas e lances originados de quase todos os estados do Brasil. No total 50 compradores de Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rondônia, São Paulo e Tocantins fecharam negócios na mesa operadora. O faturamento geral com a venda de 431 lotes fechou em R$ 1.893.450,00 e representou uma evolução de 44,78%.

O Leilão Porangaba fechou uma semana de transmissões que resumiram o espírito da equipe que organizou uma força tarefa para terminar as obras da propriedade centenária. Era para ser o momento da inauguração do tattersal da histórica Fazenda Porangaba. A equipe, junto com terceirizados, teve muito trabalho para finalizar a construção da estrutura ampla e moderna, e que foi executada com respeito a técnicas de restauração, que preservaram no piso as peças do antigo terreirão de café. O trabalho empenhado na organização da festa, os investidos de tempo e recursos na contratação de buffet, produção de souvenirs e decoração do ambiente para 300 pessoas foram suspensos e toda energia voltada a realizar o melhor evento virtual privilegiando a apresentação do gado no formato on line.

“A gente não deixou o ânimo cair. Queríamos receber todos na nossa casa, mas não foi possível e por isso mantivemos a estrutura mínima indispensável, com todas as condições de proteção e itens para higienização tais como máscaras e álcool gel para o staf da leiloeira e do canal. Quem estava no recinto ficou em mesas com espaçamento de pelo menos 4 m² entre uma e outra. Quero agradecer a grande audiência pela TV e todos que investiram. A inauguração do tatersal vai acontecer no momento adequado, quando todos estivermos liberados pelos orgãos de saúde”, disse a criadora Cláudia Fraga Leonel.

 

Com informações Assessoria

 

Compartilhar

Últimas Notícias