Previsão do Tempo

Embrapa emite alerta para geada e frio intenso em junho no estado de MS

Geada provoca a destruição da estrutura da célula, deixando as plantas com aspecto de queimado

13/02/2020 - 12:13 | Por Kaile Rodrigues - SBA | Siga-nos no Google News

Temida pelos produtores rurais o fenômeno da geada provoca camadas finas de gelo sobre as plantas, quando atinge as lavouras e as pastagens elas são congeladas por conta da água, provocando a destruição da estrutura da célula, deixando as plantas com aquele aspecto de queimado. 

A Embrapa tem apresentado relatórios  com alertas de  alta probabilidade de ocorrer geada forte no mês de junho, em vários municípios do estado de Mato Grosso do Sul. De acordo com o difusor de tecnologia da unidade gado de corte,  Haroldo Queiroz, o fenômeno  pode trazer sérios prejuízos econômicos.  

Na pecuária a geada e o frio intenso, podem ocasionar até mesmo a morte do rebanho. Para evitar o problema, o produtor pode ter na fazenda abrigos conhecidos como bosques, que visam proteger os animais, dos ventos e do frio. O ambiente evita que os animais sofram com a hipotermia. 


Haroldo explica, que o pecuarista deve neste período do ano garantir a alimentação normal do rebanho para o período seco,  fornecendo forragem suficiente em quantidade de 2% de matéria seca por animal por dia, para ele manter o peso e fazer frente a demanda energética para se aquecer no frio. Além disso é necessário que o produtor pense em uma suplementação proteica  e energética. Ainda falando do alimento para o inverno, ainda dá tempo do produtor formar pastagem junto com o milho ou após a soja, outra opção é fazer feno ou silagem, que pode ser feito com panicum, mombaça, zuri ou quênia.  
 

Compartilhar

Últimas Notícias