Pecuária

Produtor precisa monitorar as pastagens para evitar ataques de insetos-praga

Ataques mais severos, podem resultar na morte do capim

14/01/2020 - 12:08 | Por Kaile Rodrigues - SBA | Siga-nos no Google News

São vários os insetos-praga que atacam as pastagens. Mais tem sido as cigarrinhas as que mais tem gerado prejuízos  aos produtores. As cigarrinhas-das-pastagens vivem, na fase adulta, na parte aérea dos capins. Suas ninfas, uma fase jovem do inseto, ficam sempre protegidas na base das plantas por uma espuma branca. Durante o período seco, os ovos do inseto permanecem no solo e com o início das chuvas, eclodem. Ataques mais severos, podem resultar na morte do capim e na infestação da área por plantas daninhas, o que torna a pastagem degradada.

O percevejo castanho, também tem preocupado os produtores, o inseto alimenta de uma variedade de plantas hospedeiras, o que lhe assegura sobrevivência em extensas áreas.

A orientação dos especialistas é que a  atenção deva ser ainda maior, caso o produtor não tenha na sua fazenda um pasto que seja resistente aos insetos praga. Manter o monitoramento é uma prática simples que pode, afastar os invasores. Atualmente são vários os materiais forrageiros no mercado, direcionados a resistência das pragas que atingem as pastagem, basta os produtores se informarem, no momento da compra das sementes.  

Compartilhar

Últimas Notícias