Setor agropecuário foi o que mais cresceu dentro do PIB brasileiro no terceiro trimestre

Valorização foi de 1,3% no período

04/12/2019 - 08:32 | Por Thalya Godoy* - SBA | Siga-nos no Google News

Foram divulgados na última terça-feira (03), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os resultados das Contas Nacionais Trimestrais referentes ao terceiro trimestre deste ano. Houve crescimento de 0,6% no Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, em relação ao trimestre anterior. A agropecuária foi o setor que apresentou a maior valorização, com o crescimento de 1,3%.

No mesmo período, a indústria teve alta de 0,8% e o setor de serviços, 0,4%. A taxa acumulada nos últimos quatro trimestres resultou no avanço do PIB em 1,0%, enquanto a agropecuária de 2%. A Indústria não cresceu e os serviços cresceram 1,2%. O PIB atingiu R$ 1,842 trilhão no terceiro trimestre. Desse valor, a agropecuária participa com 4,3%, a indústria com 19,1% e o setor de serviços com 62,5%.

 

Produtos

A agropecuária acumula crescimento de 1,4% ao longo deste ano e é a mais elevada do que as acumuladas nos trimestres anteriores. O cenário de valorização pode ser atribuído ao comportamento positivo de diversos produtos. O IBGE destaca especialmente o algodão, com alta na produção de 39,7% apurado em outubro; o milho com 23,2% e a laranja com 6,3%. Outros destaques para a contribuição foram a banana, batata-inglesa, feijão e tomate.

Produtos que apresentaram contribuições negativas, como o café e cana-de-açúcar, tiveram redução na produção de 16,5% e 1,1%, respectivamente. As estimativas da pecuária, especialmente com bovinos, suínos e ovos, apontaram desempenho positivo.

Com informações do Mapa
*Texto supervisionado por Douglas Ferreira
 

Compartilhar

Últimas Notícias

Leilão Especial Gado de Corte