Pecuária

Valorização do boi gordo resulta em bom momento para compra de adubo pelo pecuarista

Cenário está relacionado a alta do valor da arroba e a queda no preço dos fertilizantes

03/12/2019 - 10:09 | Por Thalya Godoy* - SBA

Mesmo em um ambiente de valorização do dólar frente ao real, os preços dos adubos recuaram no mercado brasileiro em novembro, em função da menor demanda, típica de final de ano. Segundo levantamento da Scot Consultoria, em média, os preços dos fertilizantes nitrogenados caíram 1,3% na comparação mensal. Para os adubos potássicos e fosfatados os recuos foram de 1,6% e 1,2%, respectivamente, no mesmo período. 

A ureia agrícola ficou cotada, em média, a R$ 1.592,86 por tonelada em São Paulo, sem o frete. Frente a novembro do ano passado, o insumo está avaliado 12,5% mais barato este ano. Considerando a praça de São Paulo, atualmente são necessárias 7,05 arrobas de boi gordo para a compra de uma tonelada de ureia. 

Com a forte valorização da arroba do boi gordo em 37,4% e queda no preço do adubo de 2,6%, a relação de troca frente ao insumo teve alta 29,1% para o pecuarista em novembro, frente a outubro deste ano. Isso equivale a quase três arrobas de boi gordo a menos para a compra da mesma quantidade de ureia, na comparação com o mês anterior. Em relação a novembro de 2018, o poder de compra do pecuarista aumentou 42,5% ou, aproximadamente, cinco arrobas a menos para a compra de uma tonelada do adubo. 

É a melhor relação de troca no período analisado, mas o câmbio em patamar elevado poderá limitar as quedas em curto e médio prazos, ou até mesmo dar sustentação às cotações dos fertilizantes em reais. De qualquer maneira, o momento é favorável para o pecuarista adquirir os adubos para a reforma ou recuperação das pastagens, segundo a Scot Consultoria. No caso da demanda interna, espera-se uma retomada da movimentação no mercado de fertilizantes a partir de fevereiro, o que deverá colaborar com um cenário mais firme de preços a partir de então.

 

Com informações da Scot Consultoria
*Texto supervisionado por Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias