Economia

Balança comercial registra déficit de US$ 482 milhões

Carne bovina registrou aumento de 19,3% no comparativo anual da média diária de valor

18/11/2019 - 15:30 | Por Pâmela Machado* - SBA

Informações divulgadas pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), apontam que a balança comercial registrou déficit de US$ 482 milhões na terceira semana de novembro de 2019, com corrente de comércio de US$ 6,053 bilhões. O valor é resultado de exportações que alcançaram US$ 7,054 bilhões e importações que totalizaram US$ 7,484 bilhões, saldo negativo de US$ 430 milhões. Até o momento, as exportações do ano, totalizam US$ 192,589 milhões, enquanto as importações alcançam US$ 158,099 bilhões, saldo positivo de US$ 34,481 bilhões.

Exportações

No cenário das exportações, a média da 3ª semana alcançou US$ 96,5 milhões, 2,1% abaixo da média de US$ 711,3 milhões até a 2ª semana. O principal fator para a queda, foi a diminuição dos embarques de produtos semimanufaturados em 9,6% e manufaturados em 6,7%. Apenas os básicos registraram alta, com 2,9% a mais. 

Importações

Nas importações, o crescimento registrado foi de 16,2% na média da 3ª semana, com US$ 816,9 milhões sobre média até a 2ª semana. A motivação para o aumento foi o crescimento de gastos com  combustíveis e lubrificantes, veículos automóveis e partes, químicos orgânicos e inorgânicos, equipamentos mecânicos e equipamentos eletroeletrônicos. 

Carne Bovina

No cenário de exportações de carne bovina in natura, a média diária da quantidade exportada em novembro, mês com 20 dias úteis, chegou a 6,4 mil toneladas, enquanto o mês anterior registrou 7,0 mil toneladas, queda de 8,3%. No comparativo com o mesmo período do ano anterior também foi registrada queda de 2,1% na média diária da quantidade exportada. Na média diária de valor, houve leve queda de 0,2% no comparativo entre novembro deste ano e outubro. No comparativo anual, novembro de 2018 registrou média diária de US$ 26,1 milhões, valor que teve aumento de 19,3% neste ano, alcançando US$ 31,1 milhões.

Carne Suína

Para a carne suína in natura, a média diária de quantidade exportada também registrou queda nos comparativos. No comparativo com o mês de outubro deste ano, foi registrada redução na média diária de exportações de 2,9%. No comparativo anual, com o mesmo período de 2018, foi registrada queda de 3,3% na quantidade de média diária de quantidade exportada. Para a média diária de valor, no mês passado, a média foi de US$ 6,0 milhões, enquanto neste mês alcançou US$ 5,9 milhões, queda de 1,9%. O cenário se modifica quando analisamos o mesmo período do ano anterior, com crescimento de 24,6% na média diária de valor, que em 2018 alcançou US$ 4,7 milhões.
Carne de Frango

A carne de frango in natura teve queda nas médias diárias de valores e quantidades. A média diária de valor registrada em novembro deste ano foi de US$ 20,7 milhões, enquanto no mês anterior, alcançou US$ 21,5 milhões, redução de 3,6%. No comparativo de quantidade, a redução registrada de outubro deste ano, para novembro, foi de 3,7%. No comparativo com o mesmo período do ano passado, a queda foi de 11,9%

Com informações do Mdic

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira 
 

Compartilhar

Últimas Notícias