Mercado

Exportação de algodão foi de 273,4 mil toneladas em outubro e bate recorde

Volume embarcado foi quase o dobro do volume alcançado no mês de setembro

06/11/2019 - 18:51 | Por Pâmela Machado - SBA | Siga-nos no Google News

Informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) apontam que os embarques de algodão em pluma estiveram intensos ao longo de outubro, somando 273,4 mil toneladas, com as exportações pagando mais que o mercado brasileiro. O volume dos embarques foram quase o dobro do volume alcançado no mês anterior e um recorde no mercado. O recorde anterior era de dezembro de 2018, de 227,9 mil toneladas, superado em 20% pelo total atual. 

Além disso, a paridade de exportação segue acima dos valores domésticos desde o fim de agosto, cenário que limita a queda nos preços internos e eleva os valores. Dessa maneira, vendedores têm priorizado entrega de contratos a termo, especialmente para exportação, sendo que boa parte da safra 2018/19 está comprometida. A liquidez está baixa no spot nacional, além de compradores ativos, com dificuldades em encontrar produtos dentro das características desejadas. Devido as dificuldades, muitos estão trabalhando com a matéria-prima já contratada. 

Vendedores estão firmes nos preços e grande parte dos lotes disponibilizados apresentam ao menos uma característica. O Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, subiu 1,49%, entre 30 de setembro e 31 de outubro. No comparativo anual, a média de outubro deste ano ficou 21,01% menor que a do ano passado. O Indicador avançou de 29 de outubro a 5 de novembro, fechando a R$2,5373/lp.

Com informações do Cepea

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias