Pecuária

Exportações de carne bovina para a China crescem 112% em meio a recordes

Total exportado passou de 31 mil toneladas para 65 mil toneladas

06/11/2019 - 17:30 | Por Pâmela Machado* - SBA

No mês de outubro, o Brasil alcançou novos recordes com exportações de carne bovina. Foram cerca de 160 mil toneladas no volume de carne in natura, além do total exportado, que alcançou as 185 mil toneladas. Segundo a Agrifatto, a participação chinesa nas exportações teve destaque, responsável por 35% de todo o volume enviado para o mercado externo, totalizando a demanda de 65 mil toneladas de carne bovina brasileira. O volume exportado pelo país asiático teve alta de 112% com relação ao mesmo mês do ano passado, quando houve importação de 31 mil toneladas. 

Na comparação mensal da exportação também ocorreu variação expressiva, passando de 40 mil toneladas em setembro, para 65 mil toneladas de carne bovina para a China em outubro deste ano. Neste sentido, os números registraram um avanço de 61%. 

O crescimento no volume tem relação com o maior número de plantas habilitadas para o envio do produto para a China. Além disso, em meio ao surto de peste suína africana, o país teve demanda elevada por proteínas animais. O Ministério da Agricultura e Assuntos Rurais da China ilustrou a crise sanitária e estimou que cerca de 41% do plantel do país tenha sido dizimado pela doença, equivalente a 200 milhões de suínos, volume cinco vezes maior que o rebanho suíno brasileiro.  

Com informações da Agrifatto 

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias