Agronegócio

Índice de Produção Agroindustrial Brasileira tem alta de 1,8%

Setores de alimentícios e bebidas foram responsáveis pelo crescimento no mês de setembro

04/11/2019 - 15:37 | Por Pâmela Machado* - SBA

Informações divulgadas pelo Centro de Estudos em Agronegócios da Fundação Getulio Vargas (FGV Agro) apontaram que, em setembro, o Índice de Produção Agroindustrial Brasileira (PIMAgro) teve alta de 1,8% com relação ao mesmo mês do ano passado. Após três meses de queda, os grupos de produtos alimentícios e bebidas tiveram desempenho positivo e auxiliaram no crescimento do valor. O indicador é baseado nos dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM-PF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE) e nas variações do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-BR), da taxa de câmbio e do Índice de confiança do Empresário da Indústria de Transformação (ICI) da FGV.

Alimentícios e bebidas

No cenário de produtos alimentícios e bebidas, o crescimento foi de 4,4%, com variação positiva de 3,2% dos alimentos e 10,4% das bebidas. Os produtos de origem vegetal garantiram a variação positiva nos alimentícios, com alta de 5,9%.

Agroindústria

A agroindústria cresceu cerca de 0,6% em setembro, no comparativo com agosto de 2019, segundo a FGV Afro. Entretanto, foi registrada variação negativa de 0,2%, de janeiro a setembro, no comparativo com o mesmo período de 2018. Os alimentos de origem vegetal e produtos não alimentícios foram os responsáveis pela variação negativa, pois tiveram quedas de 1,4% e 1,5%, respectivamente, nesse período do ano, apesar da tendência de recuperação. No segmento de produtos não alimentícios, apenas o setor de biocombustíveis não registrou contração. 

Com informações de Beef Point

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias