Avicultura

Poder de compra da avicultura reduz pelo segundo mês consecutivo

Motivação é a alta nos valores dos insumos

01/11/2019 - 14:30 | Por Pâmela Machado* - SBA

De acordo com informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), o poder de compra da avicultura caiu pelo segundo mês consecutivo. A queda ocorreu devido a alta nas cotações dos dois principais insumos do setor, o milho e o farelo de soja, além disso, ocorreu estabilidade nos preços do frango vivo. 

Dentre os insumos, o destaque é para a relação frente ao milho, visto que, o preço do cereal subiu mais de 10% neste mês, atingindo o maior patamar de 2019. Devido ao equilíbrio entre a oferta reduzida de animais e a procura controlada por parte dos frigoríficos, os preços do frango vivo vêm se mantendo em alta desde julho. No mercado do milho, as demandas internas e externas aquecidas ligadas à retração de vendedores estão mantendo os preços em alta. 
Apesar do período de final de mês, no mercado da semana, os valores da carne de frango reagiram nos últimos dias. A liquidez tem sido aumentada e aquecida pelas vendas, principalmente devido a melhora na competitividade da proteína frente às carnes substitutas, suína e bovina. 

Com informações Cepea

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias