Pesquisa e Produção

Custo de produção de frangos e suínos com cenários diferentes

Índice de Custo de Produção de frangos em alta pelo segundo mês consecutivo, enquanto o custo de suínos se mantém praticamente estável

21/10/2019 - 18:24 | Por Pâmela Machado* - SBA

Informações da Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (Cias) apontaram que os custos de produção de suínos e de frangos de corte tiveram comportamentos diferentes no mês de setembro. O Índice de Custo de Produção (ICP) do Frango teve alta pelo segundo mês consecutivo de 1,55%, alcançando os 222,51 pontos. Por outro lado, o ICPSuíno esteve praticamente estável em comparação com agosto, com uma pequena redução de 0,03%, fechando setembro em 221,69 pontos. Os índices de custos de produção foram criados em 2011 pela equipe de socioeconomia da Embrapa Suínos e Aves e Conab. As referências nos cálculos são os estados de Santa Catarina e Paraná por serem os maiores produtores nacionais de suínos e de frangos de corte, respectivamente.

Índices do Frango

Em 2019, ICPFrango acumula uma variação positiva de 2,12%, com pontuação mais alta do ano em setembro. No Paraná, o custo de produção do quilo do frango de corte vivo foi de R$ 2,83 em agosto para R$ 2,88 em setembro. O valor foi calculado a partir dos resultados em aviário tipo climatizado em pressão positiva.

Loading...

Loading...

Índices do Suíno

No caso do ICPSuíno, foi mantida uma relativa estabilidade desde junnho. Visto que, desde esse período, o índice calculado pela Embrapa variou 0,28 pontos. O índice de setembro, de 221,69 pontos é igual o de junho. Entretanto, no ano, o ICPSuíno acumula alta de 1,13%. Em Santa Catarina, o custo por quilo vivo do suíno produzido em sistema de ciclo completo é o mesmo de agosto, de R$3,88.

Loading...

Loading...

Com informações da Embrapa

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias