Mercado

Procura chinesa pode alavancar embarques da carne de frango

Exportação ainda é menor que a esperada com queda de 1% no valor com relação a agosto

04/10/2019 - 14:52 | Por Pâmela Machado* - SBA

Informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), afirmam que em setembro, as exportações brasileiras de carne de frango in natura estiveram sem grandes variações. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o país embarcou de 298,6 mil toneladas de proteína durante o mês. O valor é 1% menor que a quantidade exportada em agosto, o que se deve ao fato do mês passado ter tido menos dias úteis. Entretanto, a média diária de embarques cresceu de 13,7 mil toneladas em agosto para 14,2 mil toneladas em setembro, um avanço de 4%. Por outro lado, dentre os meses de setembro, o volume embarcado no mês passado foi o menor desde 2013.

Agentes do setor estão otimistas para os próximos períodos, com expectativa de recuperação das vendas externas. A perspectiva positiva vem do fato de que historicamente os embarques crescem no decorrer de segundos semestres, além da reação da demanda chinesa pela carne brasileira. Lembrando que a China passa pelo período da Peste Suína Africana, o que, consequentemente influencia na procura por carne de frango. 

Com informações do Cepea

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira 

Compartilhar

Últimas Notícias