Mercado

Mapa determina suspensão de 33 marcas de azeite de oliva

Adulteração na composição foi encontrada em 59 lotes

03/10/2019 - 08:46 | Por Thalya Godoy* - SBA

Foi suspensa pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a comercialização de 33 marcas de azeite que tiveram a composição adulterada. No total, foram identificados 59 lotes com irregularidades. Boa parte apresentou mistura com óleo de soja e óleos de origem desconhecida. Em comparação com abril de 2018, o número de fraudes caiu, sendo 46 marcas identificadas.

Em referência à deusa do antigo Egito que possuía o conhecimento sobre a produção das oliveiras, a suspensão é resultado da Operação Ísis, que teve início em 2016. As 33 marcas recolhidas referem-se a coletas realizadas em 2017 e 2018. O Mapa explica que o processo é demorado por envolver exames laboratoriais, notificação dos fraudadores, perícias, períodos para apresentação de defesa, que podem apresentar dois recursos, e julgamentos desses recursos em duas instâncias administrativas. 

Lotes recolhidos passaram por exames laboratoriais. Foto: Divulgação Mapa

De acordo com o Coordenador-Geral de Qualidade Vegetal do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal (Dipov), Hugo Caruso, se encontrado algum sinal de fraude durante a fiscalização nos estabelecimentos de distribuição, o Ministério estabelece a suspensão da comercialização no varejo até a realização dos exames laboratoriais. Se comprovada a irregularidade, o comerciante, embalador, importador ou produtor podem ser autuados por trabalhar com produto irregular.

Confira as marcas e lotes com irregularidades.

 

*Texto supervisionado por Douglas Ferreira 
Com informações do Mapa

Compartilhar

Últimas Notícias