Floresta

Em MT, áreas rurais preservam 108% a mais que áreas de conservação de terras indígenas

Em 2014, 11,8 mil km² foram desmatados, ano passado caiu para 1,4 mil km²

30/09/2019 - 13:05 | Por Rafaela Flôr* - SBA

Dados obtidos pelo Sistema do Cadastro Ambiental Rural (Sicar) contatou que, em 2018, de 68.990.299 de hectares de propriedades rurais de Mato Grosso, mais de 35,4 milhões de hectares são áreas preservadas, equivalendo a 39,3% do total do território mato-grossense. As áreas de conservação de terras indígenas compreende o total de 17 milhões de hectares, sendo 18,9% da área preservada. Observou-se que as propriedades rurais conservam 108,2% a mais que as unidades indígenas somadas. 

Em 2004, a área plantada de grãos era de 7,6 milhões de hectares e o desmatamento foi de 1,18 milhão de hectares. No ano passado, a área colhida aumentou em 98,4%, indo para 15,1 milhões de hectares, enquanto o desmatamento despencou para 149 mil hectares, registrando redução de 87,4% no desmatamento no estado. Na Amazônia Legal, em 2004 eram 27 mil km² desmatados e, em 2018, esse número caiu para 7,5 mil km². Em Mato Grosso, em 2004 eram 11,8 mil km² desmatados e, no ano passado, passou para 1,4 mil km².

O aumento da área preservada é devido a adoção do sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) como estratégia de produção. Este sistema também aumenta a taxa de lotação, de 0,99 cabeça por hectare em 2018 para 1,54 cabeça por hectare em 2019.

A integração possibilita otimizar o uso da terra, portanto reduz a abertura de novas áreas. Além de possibilitar a manutenção da biodiversidade e sustentabilidade da agropecuária; melhoria do bem-estar animal pelo conforto térmico causado pela melhor ambiência; aumento de produção de grãos, fibras, carne, leite e produtos madeireiros e não madeireiros; aumento de eficiência no uso de recursos naturais; geração de empregos diretos e indiretos.

Com informações Associação de Criadores de Mato Grosso.

*Texto com supervisão de Douglas Ferreira.

Compartilhar

Últimas Notícias