Agronegócio

Cotações dos suínos têm alta no mercado independente

Valores do animal já acumulam três semanas de altas sucessivas

27/09/2019 - 12:09 | Por Douglas Ferreira - SBA

Segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) a intensificação das compras de novos lotes de animais para abate por parte de grandes agroindústrias integradoras, devido à expectativa de incremento nas exportações da proteína à China, impulsionou os preços do suíno vivo no mercado independente.

Assim os valores do animal já acumulam três semanas de altas sucessivas, chegando a um dos maiores patamares do ano, atrás apenas dos valores praticados em junho e julho, quando o ritmo acelerado das exportações elevou com força as cotações de todos os produtos suinícolas. É importante ressaltar que a China segue sofrendo com os impactos da Peste Suína Africana (PSA), tendo em vista que a oferta doméstica de carne teve baixa significativa. Não há previsão da situação se normalizar, que mantém aquecido o mercado internacional suinícola, uma vez que o país asiático tem comprado grandes volumes de carne suína no exterior.

Com informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea)

Compartilhar

Últimas Notícias