Agricultura

MS pretende produzir 9,68 milhões de toneladas de soja

Dados foram apresentados durante abertura de plantio safra 2019/20

23/09/2019 - 11:22 | Por Douglas Ferreira - SBA | Siga-nos no Google News

O Sindicato Rural de Caarapó, que funciona dentro do Parque de Exposições Pedro Pedrossian, localizado a 273 km da capital de Mato Grosso do Sul sediou no último sábado (21) a abertura oficial do plantio da soja para Safra 2019/20 do estado. A expectativa para esta safra é 9,68 milhões de toneladas. Na sessão solene diversos representantes de órgãos do MS estiveram presentes, como o presidente da Famasul Mauricio Saito; presidente da Aprosoja MS, André Dobashi, Secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck; Presidente do Sindicato Rural de Caarapó, Carlos Eduardo Macedo Marquez (Kaká); o prefeito, André Nezzi, entre outros.

Simulação de plantio 
Foto: Douglas Ferreira

O Presidente da Famasul, Mauricio Saito comentou sobre a próxima safra e destacou o uso de tecnologias nas produções do estado. “A expectativa é muito positiva, próximo a 10 milhões de toneladas [Safra 2019/20]. Uma perspectiva melhor, nós temos um prognóstico dado ao crescimento que nós esperamos, em torno de 5% do aumento de área dentro do estado. Mato Grosso do Sul tem uma capacidade muito grande de adequação de tecnologias dentro das propriedades rurais”.

Representado o governo, o secretário da Semagro, Jaime Verruck comentou acerca dos incentivos que o governo desenvolve ao produtor. “O primeiro ponto que estamos trabalhando é o Fundo Constitucional do Centro-Oeste. Conseguimos ainda para esse ano um adicional de R$ 325 milhões para o setor rural neste fundo. Esses recursos obviamente o tomador é o produtor rural, boa parte dele vai para correção de solo, mas vai principalmente para estrutura de armazenagem, então uma linha que o governo sempre tem incentivado é a armazenagem no âmbito da propriedade rural e das cooperativas”.

Verruck fez um levantamento do sistema de monitoramento em parceria com a Aprosoja MS. “É importante destacar que o estado do MS no ano passado [2018] já na safra anterior de soja [2018/19] foi no país, o estado que teve o maior crescimento de área”.

Segundo o presidente da Aprosoja MS, Andre Dobashi fatores climáticos atrasaram a semeadura da soja no estado. “A expectativa da Safra 2019/20 é que a gente tenha uma estabilidade climática após meados de outubro. Nós terminamos o período de vazio sanitário. O produtor quer colocar semente a campo, porém nós estamos enfrentando um período de adversidades climáticas, muito seco, baixas umidades, temperaturas elevadíssimas, isso fez com que atrasássemos as dessecações, então agora é um período de cautela para o produtor”.

Dobashi reitera que o produtor precisa estar atento ao manejo, efetuar uma boa dessecação e controle de ervas daninhas. “Essa instabilidade climática deve ir o 1º dia de outubro para o sul do estado. Para o norte do estado vai demorar um pouco mais, até o dia 10 acreditamos em uma estabilidade climática, depois disso a teremos um plantio mais seguro”.

Quando a produtividade, Dobashi diz estar otimista. “Esperamos contar com produtividade acima dos 50 sacas por hectare, sempre lembrando ao produtor a importância do controle de doenças, como a ferrugem asiática, uma das mais importantes no ciclo da soja. Não se pode descuidar do monitoramento a campo, do manejo integrado de pragas, porque sabemos que há cultivares de soja que são resistentes a lagarta e alguns herbicidas, como glifosato”.

Em sua fala, o presidente da Aprosoja MS, André Dobashi lembrou também sobre a evolução da área de milho 2ª safra 2017/2018 – 2018/2019. Alta de 19,88%. De acordo com dados do Siga MS, o estado foi o 3º maior produtor de milho segunda safra do Brasil.

 

Milho 2ª Safra 

2017/2018

2018/2019

Área

(mi há)

1,1814

2,173

Produção
(mi ton)

7,84

12,16

Produção Média

(SC/Há)

71,99

93,24

(Dados Siga MS)

 

Da esquerda para direita: André Dobashi, Kaká, Mauricio Saito e Jaime Verruck
Foto: Douglas Ferreira

 

Compartilhar

Últimas Notícias