Exportações

Exportações do agronegócio brasileiro reduziram 11% em agosto

Também no mês agro totalizou US$ 8,27 bilhões de exportações

12/09/2019 - 16:57 | Por Pâmela Machado* - SBA

Conforme divulgado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em agosto deste ano, as exportações do agronegócio tiveram uma redução de 11% em comparação com o mesmo mês do ano passado, foram US$ 8,27 bilhões neste último mês. Segundo informações da Secretaria de Comércio e Relações Internacionais (SCRI), a queda foi resultado do recuo dos prelos médio de exportação dos produtos do agronegócio brasileiro e da queda de quantidade embarcada. Apesar das reduções, a participação dos produtos do agronegócio aumentou no total de exportações brasileiras.

Exportações nas diferentes culturas 

Alimentos como o milho, tiveram destaque na safra de agosto. Com safra recorde de 100 milhões de toneladas de milho, as exportações do grão foram recorde em agosto deste ano, atingindo US$ 1,34 bilhão no período (+169,2%). Além disso, a quantidade embarcada do cereal também foi recorde com 7,6 milhões de toneladas (+170,5%). A maior quantidade exportada de agosto havia sido em 2017, com 5,3 milhões de toneladas.

Outro produto com destaque nas exportações foi o algodão, com incremento nas vendas de 51%, US$66 milhões e embarques de 41 milhões de toneladas. O café verde e solúvel registrou aumento de 6,9%, com US$ 404 milhões e 187 mil toneladas. No complexo sucroalcooleiro, o etanol passou de US$117,35 milhões do ano passado, para US$161,75 milhões, um aumento de 37,8%.

Diferente dos demais produtos, o principal setor exportador do agronegócio brasileiro, a soja teve seu desempenho reduzido, com 38,7% a menos em comparação com agosto de 2018. Segundo o SCRI, um dos motivos foi a diminuição das exportações do grão para a china. Além disso, a baixa do preço da oleaginosa no mercado internacional.

Fonte: Mapa

*Matéria com supervisão de Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias