Pecuária

Agosto foi o segundo melhor mês do ano de exportação de carne bovina em Mato Grosso

Faturamento do estado foi superior a US$ 100 milhões

11/09/2019 - 10:46 | Por Thalya Godoy* - SBA

O Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) disponibilizou informações referentes a exportação de carne bovina em agosto de 2019. Foram comercializadas cerca de 33,12 mil Toneladas em Equivalente Carcaça (TEC), o que resultou em um faturamento de US$ 102,1 milhões. Esses números representam, respectivamente, queda de 1,1% e 4,4%, em comparação ao mês anterior. Isso se deve, majoritariamente, pelos volumes menores de compra pela União Europeia, cerca de 10,4% inferiores frente a julho, e pelo Oriente Médio, que adquiriu menos 9,7% no mesmo período. 

Apesar de um aumento tímido, o mercado chinês elevou o volume de importação em comparação ao mês anterior, em 1,6%, registrando assim, 10,0 mil TEC. A justificativa são as maiores compras do mercado argentino. Entretanto, o montante exportado internacionalmente é o segundo maior de 2019, mesmo com a baixa registrada em agosto. 

Boi e vaca gorda 
Arroba do boi e da vaca gorda registraram na última semana acréscimos de 0,33% e 0,93%, respectivamente. As cotações foram puxadas na ponta da cadeia, que começaram a reagir neste início de mês.

Abate
A escala de abate aumentou em 0,41 dia frente a semana anterior, terminando em 6,27 dias. Este cenário se deve a continuação da oferta de animais oriundos de confinamentos em bom ritmo, sobretudo de machos, enquanto as fêmeas ficam restritas cada vez mais.

Bezerro
Cotação do bezerro se manteve estável em comparação a semana anterior. De acordo com o Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), a quantidade de negociações foi baixa durante o período, devido a falta de pastos ocasionada pela escassez de chuvas.

Mercado
Após reagida nos preços da arroba do boi na praça mato-grossense, o diferencial de base SP–MT voltou a estreitar, fechando em -11,74%, enquanto que na semana passada o índice era de -12,32%.

Couro
O faturamento total entre janeiro e agosto de 2019 foi de US$ 15,8 milhões e a quantidade exportada foi cerca de 14,4 mil toneladas. Em comparação ao mesmo período do ano passado, o volume exportado foi maior em 1,1%. Entretanto, o faturamento teve baixa de 33,5%. Os principais destinos do couro mato-grossense foram a Itália com 6,76 mil toneladas e a China com 6,47 mil toneladas. 

Fonte: Imea

 

*Texto supervisionado por Douglas Ferreira

Compartilhar

Últimas Notícias