Agronegócio

Deputado de MS planeja desenvolver cadeia produtiva do setor leiteiro

Parlamentar afirma que é necessário ter visão diferenciada para setor no estado

03/09/2019 - 16:02 | Por Redação - SBA

O deputado estadual (MDB-MS), Renato Câmara esteve presente no lançamento do Instituto MS Agro, na sede do Canal do Boi na última sexta-feira ( 30 ) e afirmou que a criação da Frente Parlamentar do Agronegócio é importante para desenvolver o setor produtivo de leite no estado e defender a agropecuária na Assembleia Legislativa.

Em entrevista ao Canal, Câmara disse que o grupo será composto por defensores do agro e debaterá o assunto também com representantes dos movimentos sociais, que fazem parte da maior parcela de produtores de leite. "35 mil famílias de pequenos produtores rurais têm o leite como renda. Nós temos que criar mecanismos que possam desenvolver essa atividade. Precisamos fazer um debate junto com o governo do estado, com as entidades, a Famasul, Acrissul, junto com os movimentos sociais, como a Fetagri, a CUT, o MST. Existem milhares de pequenos produtores de leite. Nós precisamos ter esse olhar diferenciado na cadeia produtiva do leite".

Lançamento do MS Agro na sede do Canal do Boi.
(​​​​Foto: Ighor Avanci)

Em julho, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina divulgou a abertura do mercado chinês para os produtos lácteos brasileiros. Sobre isso, Câmara relembra o potencial de Mato Grosso do Sul como caminho para a exportação dos lácteos para a China e demais países asiáticos por meio da rota bioceânica, em desenvolvimento no estado. "O MS tem papel estratégico no Brasil, que é fazer com que toda a produção, não só o leite, mas as outras commodities possam chegar ao mercado chinês com o custo muito menor do que é praticado hoje. Com essa possibilidade, temos grandes chances de abrir mercado e fazer com que essa atividade se fortaleça em Mato Grosso do Sul", afirma.

Renato Câmara defende a criação de Frente Parlamentar para organizar setor leiteiro em MS.
(Foto: Ighor Avanci)

 

Compartilhar

Últimas Notícias